Na hora de encontrar a casa dos seus sonhos é preciso se atentar a muitos detalhes. Como comprar um imóvel envolve altas quantias e muitas burocracias, espera-se passar por esse processo o mínimo de vezes possível. Assim, após estabelecer um orçamento e decidir se quer se mudar para uma casa ou apartamento, é hora de escolher um bairro para morar.

Um fator muito importante a ser levado em consideração é a localização. Isso porque, ela tem influência direta na sua qualidade de vida. Afinal, você não vai querer perder horas no trajeto até o trabalho ou morar longe das principais atividades de cultura e lazer da sua cidade. O importante aqui, é estabelecer as prioridades para que você consiga viver bem e nós te ajudamos nesse processo.


Casa ou apartamento: a primeira escolha na hora de adquirir um imóvel


Estabelecer objetivos e prioridades facilita muito o processo de busca por um imóvel. Decidir o que se procura é muito importante para que não se fique perdido durante a procura. Assim, entenda bem o seu momento de vida e a sua realidade para definir se deseja comprar ou alugar uma casa ou apartamento.

Ambas as opções possuem prós e contras. Optar por uma casa é dispor de muito espaço, estar isento das taxas de condomínio, além de contar com toda a versatilidade do espaço. Contudo, esses imóveis costumam ter um preço mais elevado e requerem mais manutenção e cuidado com a segurança. Em oposto, os apartamentos são uma ótima escolha para quem busca praticidade no dia a dia e economia no orçamento. As desvantagens desse empreendimento estão na perda de privacidade e na necessidade de seguir regras e normas do condomínio.

Como dito, a melhor escolha dependerá do seu estilo de vida. Algumas pessoas são mais reservadas e preferem não ter que lidar diretamente com os vizinhos. Para elas, morar em uma casa pode ser a melhor opção. Enquanto quem prefere uma vida mais sociável pode optar por condomínios de apartamento.


Dicas para escolher um bairro para morar


Na hora de escolher um bairro para morar, alguns pontos podem te ajudar na decisão:

Faça um mapa com seus principais deslocamentos

Esse é um ponto crucial a ser analisado antes de decidir para qual bairro se mudar. A sua rotina determina o seu conforto e por isso deve ser a mais descomplicada possível. Viver em grandes centros urbanos muitas vezes significa enfrentar um longo espaço de tempo no trânsito ao se deslocar para o trabalho ou para casa.

Assim, procure sempre escolher um bairro para morar que seja perto do escritório. Além disso, tenha em mente os outros trajetos que precisará fazer durante o dia. Precisará voltar para casa para almoçar? Você busca as crianças na escola? Ter em mente essas informações é muito importante para optar por um bairro que garanta dinamismo no seu deslocamento.

Atente-se aos centros comerciais

Muito relacionado ao item anterior, atentar-se aos centros comerciais também garante qualidade de vida. Isso porque, é muito conveniente evitar deslocamentos de longa distância para atividades cotidianas como ir ao supermercado ou à farmácia. Essa proximidade oferece atrativos como altas chances de valorização dos imóveis e facilidade no dia a dia.

Imagine-se morando próximo de um supermercado. Assim será possível fazer compras com maior frequência. Em muitos casos é possível realizar essa atividade sem precisar tirar o carro da garagem. Use o mesmo critério para bancos, farmácias e outros serviços. Urbanistas afirmam que os bairros que possuem mais conveniências guardam pessoas mais felizes e saudáveis.


Observe a infraestrutura


Outro ponto importante a ser analisado no seu bairro de interesse é se ele possui uma boa infraestrutura. Isso significa que, mesmo possuindo muitos comércios e lojas de conveniência, é interessante que ele não seja um bairro isolado e de difícil acesso. Verifique a oferta de transporte público na região.

Esse é um ponto importante mesmo para quem não utiliza o transporte público. Isso porque é preciso levar em consideração possíveis visitas, ou funcionários que precisarão chegar até você. Se você tiver filhos menores de idade, por exemplo, pode ser que eles precisem utilizar o transporte público para ir até a escola ou pontos de lazer.

Ainda falando em infraestrutura, observe as vias de acesso, a iluminação pública e demais equipamentos urbanos. O bairro possui parques e praças? Esses ambientes além de embelezarem a região, tem forte influência na qualidade do ar e do clima, além de serem ótimas atividades de lazer e prática de esportes.



Conheça bem a vizinhança



A vizinhança também é fundamental para que se tenha uma vida tranquila. Para isso, passeie pela vizinhança, procure conversar com os moradores e veja como funcionam os comércios e empresas próximos ao imóvel. Aqui você deve considerar suas preferências pessoais. Algumas pessoas preferem uma vizinhança mais calma e residencial, com ruas pouco movimentadas e com poucos ruídos. Em contrapartida, outras preferem morar em ruas movimentadas e com bastante comércio. Seja qual for a sua preferência, procure um bairro que se adeque ao seu estilo de vida.


Converse com as pessoas e visite o bairro em diferentes horários


Antes de escolher um bairro para morar é recomendado conhecê-lo. Procure caminhar por suas ruas e, além de observar as características da vizinhança, é possível conversar com as pessoas sobre a rotina do lugar. Assim é possível entender o que os moradores acham de morar ali e conhecer os pontos fortes e fracos do lugar.

Ademais, procure realizar essas visitas em horários diferentes. Vá até os seus bairros favoritos durante o dia, à noite e aos fins de semana. Isso porque, as características de um lugar podem mudar ao longo do dia. Uma região muito tranquila durante o dia pode se tornar barulhenta e movimentada durante a noite.  


Os cuidados na hora de escolher um imóvel


Escolher um imóvel para morar é um processo que envolve muito cuidado e atenção. Ao comprar uma propriedade, muitas vezes as pessoas se comprometem com financiamentos que durarão muitos anos e investem as economias de uma vida. Assim, espera-se que esse empreendimento lhe traga bastante satisfação, conforto e principalmente, a sensação de que se fez um bom negócio.

Para quem opta pelo aluguel, também é preciso ter cuidado. Isso porque, esses contratos, em sua maioria, possuem duração mínima de dois anos e você não vai querer morar por tanto tempo em um imóvel que te desagrada. A rescisão desse acordo costuma acarretar multas, o que não é muito interessante.

Desse modo, analise os prós e contras entre comprar ou alugar um imóvel e conte com a ajuda de especialistas no mercado.